A Universidade onde o Fazer é o mais importante

Primeiro o fazer, depois o aprender. Essa é a base da cultura e da filosofia da universidade Franklin W. Olin College of Engineering, em Massachusetts, nos Estados Unidos. Lá os estudantes primeiro praticam e testam ideias para depois terem aulas teóricas sobre os assuntos relacionados aos projetos. “Desse modo, os estudantes entendem o porque desses conteúdos precisarem ser aprendidos. Eles apreciam e valorizam mais o que está sendo transmitido”, explica Lynn Andrea Stein, professora de computação e ciência cognitiva e diretora do Collaboratory, setor da instituição que tem como missão catalisar a mudança no ensino da engenharia.

Ler

About Giorgio Bertini

Research Professor. Founder Director at Learning Change Project - Research on society, culture, art, neuroscience, cognition, critical thinking, intelligence, creativity, autopoiesis, self-organization, rhizomes, complexity, systems, networks, leadership, sustainability, thinkers, futures ++
This entry was posted in Action learning, University and tagged , . Bookmark the permalink.